Forum destinado ao clan DeadlyWind do jogo PristonTale brasileiro(Migal).
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Árvore Genealógica do Metal e do Rock

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Guamaré
Bargon
Bargon
avatar

Mensagens : 67
Data de inscrição : 22/02/2008
Idade : 35

MensagemAssunto: Árvore Genealógica do Metal e do Rock   Sab Jun 27, 2009 10:43 am

Acho que todo mundo sabe que o Metal, assim como o Rock, é cheia de vertentes, Power Metal, metal melódico, metal bermudão.

Enfim, vendo artigos aleatórios encontrei algo interessante que “ilustra” melhor o que cada vertente do heavy metal transparece.

De início imaginemos o seguinte cenário:

“No alto do castelo, há uma princesa - muito carente - que foi ali trancada, e é ‘guardada’ por um grande e terrível dragão”…

Metal Melódico: corre até o castelo num cavalo alado branco, escapa do dragão, salva a princesa, fogem para longe e fazem amor

Thrash Metal: corre até o castelo, enche o dragão de sou feioda, pega a princesa e fode ela.

Power Metal: chega brandindo sua claymore e trava uma batalha gloriosa contra o dragão. até que o dragão sucumbe enquanto ele permanece em pé, banhado pelo sangue de seu inimigo, sinal de seu triunfo. Resgata a princesa. Esgota a paciência dela com auto-elogios. Só então a fode.

Heavy Metal tradicional: atropela o dragão com uma Harley Davidson , enche a cara de cerva com a princesa e depois come ela.

Folk Metal: chega uma galera tocando acordeon, flauta e violino, fazem o dragao dormir depois de tanto dançar, voltam pra floresta onde tem um monte de elfas, ninfas, fadas, dryades, e deixam a princesa no castelo.

Viking Metal: chega em seu cavalo, desce e mata o dragao com um machado, assa e o come. Depois pega e fode com a princesa, pega tudo de valor que tinha no castelo e dorme em volta da fogueira.

Death Metal: Chega, mata o dragao. Fode com a princesa. Mata a princesa. Vai embora.

Black Metal: Chega de madrugada, dentro da neblina. Mata o dragao e empala em frente ao castelo. Pega a princesa para um ritual. Bebe o sangue dela até a morte, e depois a empala junto com o dragao, pq descobriu q nao era mais virgem.

Gore Metal: Chega, mata o dragao. Sobe no castelo, fode a princesa e mata ela. Depois fode-a dinovo. Abre um monte de buracos na carne da princesa e fode cada um destes buracos. Arranca os olhos dela e fode as orbitas oculares. Agora queima a princesa. Na volta, fode com o dragao tb. Dae ele fica com fome e come o dragao e a princesa.

Splatter: Chega, mata o dragão, abre-o com um bisturi. Sodomiza a princesa com as tripas do dragão. Abre buracos nela com o bisturi e estupra cada um dos buracos. Tira os globos oculares da princesa e estupra as órbitas.
Depois mata a princesa, faz uma autópsia, tira fotos, e lança um album
cuja capa é uma das fotos.

White Metal: Chega no castelo, exorciza o dragão, converte a princesa e usa o castelo para sediar mais uma "Igreja Universal do Reino de Deus".

Doom Metal: chega la, olha o tamanho do dragao, fica deprimido e se mata. Dae vem o dragao, fode ele e depois o come.

Industrial Metal: mata o dragão com um monte de armas high-tech. volta pra casa. liga seu video-game. se masturba vendo a Lara Croft.

Progressive Metal: quer mostrar para o dragão toda sua técnica na espada. mata o dragão de tédio em uma luta demorada e depois vai embora.

Gothic Metal: como a música acalma as feras, chama uma mina gata com voz bonitinha pra cantar pro dragão. Não funciona e ele volta pra casa e transa c/ a mina gata com voz bonitinha.

New-Metal: Quer provar para todos outros que também é &*%$# e é capaz de salvar a princesa. fica alardeando o quanto é &*%$#, o quanto é inovador etc.
chega lá. Vai enfrentar o dragão e perde feio.

Grindcore O cara entra correndo, gritando que nem um louco. O Dragão fica parado sem entender nada, pega a princesa, dá um tapa na cara dela. Sai correndo pro portão e vai embora.

======================================================================

Árvore Genealógica do Rock

Vovô e Vovó Blues
Um casal velhinho, de pele escura, tendo os dois uma voz bem grave. Muito simpáticos e sorridentes, adoram dançar, ou "balançar o esqueleto", como preferem dizer. Já tiveram suas brigas com a Dona Música Clássica, e sempre foram amigos do senhor Jazz (especialmente a Sra. Blues), um outro velhinho, ex-acrobata de um circo local. Tiveram sete filhos.

Rockabilly
O irmão mais velho. Outro que é apaixonado por dançar. Antigamente, andou muito com o segundo mais velho, o Rock Pop. Adora topetes, calças boca-de-sino, óculos escuros coloridos, brilhantina e coisas bregas em geral. Fez muito sucesso com a mulherada na juventude, mas agora é um velho gordo.

Rock Pop
Adora andar na moda, mas não tem uma opinião fixa. Já andou com todos os outros irmãos, menos com o progressivo. Sabe-se que ele ganha muito bem, e quem anda com ele também, e que ele é louco por dinheiro, se vende por qualquer coisa. Dizem que ele gosta de enganar as pessoas às vezes, dizendo que uma coisa é boa quando não é, mas não se sabe.

Rock Progressivo
Carinhosamente apelidado de Prog, ele é um caso a parte. Correm boatos de que ele é filho de um caso da Sra. Blues com o Sr. Jazz, o que ficou ainda mais sério quando ele começou a fazer acrobacias. Muito exibicionista, adora mostrar as loucuras que consegue fazer, apesar de que, de vez em quando, as pessoas se irritam por que ele fica muito tempo fazendo, ou faz coisas chatas, só por que é difícil. Mas é um cara muito legal, quando pára com o exibicionismo puro.

Hard Rock
Meio revoltado, meio dançante. Quanto a esse, não restam dúvidas que veio dos Blues. Ele também AMA penduricalhos, bandanas, lenços, maquiagem, cabelos bufantes e vive fazendo poses meio homossexuais, mas não é gay. Um pouco esquentadinho também. Conta-se que na adolescência usou e abusou das drogas e era meio ninfomaníaco. Casou-se e teve dois filhos: o pródigo Heavy Metal e o caçula Punk Rock.

Punk Rock
Muito revoltado, e muito relaxado também. Tentou ser igual ao pai, mas não conseguiu e se frustrou, vindo daí sua revolta. É muito fraquinho, raquítico. Não se importa com nada, mas vive falando de igualdade, vive defendendo ideais comunistas. Bebe mais que carro a gasolina com o tanque furado. A casa dele é uma bagunça, principalmente a COZINHA, que é muito tosca, tudo meia-boca. Teve dois filhos com a namorada, chamados de Hard Core e Grunge. Acha que um dia vai mudar a sociedade.

Hardcore
Menino meio maluco, vive correndo pela casa, não pára de correr. É um pouco mais organizado na cozinha do que o pai, mas também é fraquinho. É surfista e skatista também. Quando está meio emotivo, passa o tempo todo reclamando da namorada que corneia ele todo dia.

Grunge
Ele é meio tristonho, meio emotivo também.Vive reclamando da vida. Está na puberdade, por isso sua voz dá umas desafinadas às vezes. Ele costuma agir de maneira suicida. Menino estranho, esse.

PS: Espero que ninguem sinta-se ofendido, apenas peguei esse texto de uma comunidade que participo, gostei e decidi compartilhar com voces.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Árvore Genealógica do Metal e do Rock
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ordem cronológica de The Legend Of Zelda.
» Metal Gear Solid 5 foi o jogo mostrado à porta fechada no Comic-Con
» Metal Gear Solid: Legacy Collection é demasiado grande para a Xbox 360
» Confira as notas dos reviews que Metal Gear Solid V: Ground Zeroes vem recebendo
» [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
DeadlyWind :: Geral :: Offtopic-
Ir para: